Sede 1: Jundiaí/SP | Sede 2: Guarulhos/SP
(11) 99710-0350 /
contato@merakigroup.com.br

Ford quer produzir carros autônomos em larga escala até 2021

Ford quer produzir carros autônomos em larga escala até 2021

Carros autônomos já são uma realidade, mas produção em larga escala ainda é um desafio

Quando os gigantes da indústria automotiva buscam novas tecnologias para crescer e diversificar seus negócios, as datas para novos lançamentos e pretensões são geralmente perdidas.

A Ford, no entanto, parece determinada a cumprir seu prazo de em até 2021 lançar um serviço nos Estados Unidos usando seus carros autônomos. E não se trata de uma pequena operação de teste em uma única cidade – ela quer lançar e operar seu próprio serviço “em escala”, com todos os componentes necessários para garantir eficiência e lucratividade.

Em relato para Financial Times, Jim Farley, presidente de mercados globais da Ford, observou que sua empresa já está realizando testes em Miami, dando a ela uma quantidade decente de tempo para aprimorar sua tecnologia de carros autônomos enquanto desenvolve seu modelo de negócios mais amplo.

O julgamento de Miami chegou às ruas em fevereiro e envolve entrega de pizzas para a Domino’s. Mais recentemente, fez parceria com a Postmates para entrega de pacotes usando seus veículos sem motorista na mesma cidade da Flórida.

Enquanto as atuais ambições da Ford focam na entrega de itens ao invés de pessoas, o relatório da Financial Times sugere que a gigante americana de motores está realmente desenvolvendo um veículo que pode “transportar pessoas e carga”, sugerindo que ela não está apenas no mercado de logística, mas também compartilhando caronas.

Além de desenvolver a tecnologia autônoma para alimentar seus carros, uma grande parte do trabalho atual da Ford em Miami é aprender sobre o tipo de modelo de negócios que funciona melhor para si e para seus clientes, bem como a maneira mais eficiente de manter sua frota de veículos sem motorista.

Sherif Marakby, vice-presidente de veículos autônomos e eletrificação da Ford, disse recentemente que sua empresa está desenvolvendo seu primeiro “terminal de operações de veículos autônomos” para manter e abrigar com segurança seus veículos.

Localizado a uma curta distância do centro de Miami, deve incluir instalações para lavar os veículos, incluindo seus sensores mais importantes, com manutenção de rotina também realizada.

“Antes que milhares de veículos autônomos possam chegar às ruas, temos que estar preparados para gerenciar eficientemente grandes frotas de alta tecnologia, e os passos que estamos dando em Miami representam um passo significativo nesse processo”, disse Marakby.

À luz dos recentes acidentes que afetam a reputação da tecnologia, a Ford e outras empresas também precisarão de aprovação regulatória para lançar empresas que utilizam veículos autônomos.

A determinação da Ford em operar sua própria frota de carros contrasta com a Volvo e a Jaguar Land Rover, que assinaram acordos para vender seus veículos para empresas como a Uber e a Waymo, embora parecidas com a General Motors e a Renault-Nissan, que querem operar seus próprios serviços.

Para ajudar a impulsionar suas ambições de veículos autônomos, a Ford investiu no ano passado US$ 1 bilhão na empresa de inteligência artificial Argo A.I.

Traduzido e adaptado de Digital Trends.

Quer decolar ainda mais alto em seus empreendimentos?

Curta nossa página no Facebook

Veja nossas fotos no Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *